Slideshow Image 1 Slideshow Image 1 Slideshow Image 1

Capa

Revista Mensageiro - Janeiro/Fevereiro 2019
Vol. 125
Nº 1367
Janeiro/Fevereiro 2019
Assine a revista Mensageiro
Assine a revista Mensageiro

Palavra do Diretor Nacional:

Mudar atitudes para ser melhor


No começo de cada ano a gente olha o caminho feito e faz projetos para o futuro. É muito bom começar com bons propósitos a caminhada deste novo ano. Trata-se na verdade de mudar atitudes que brotam de um coração mais tranquilo e menos inquieto.

Conta-se que um abade do mosteiro de Montserrat foi procurado por um jovem que queria seguir o caminho espiritual. "Pelo período de um ano, pague uma moeda a quem o agredir", disse o abade. Durante doze meses, o rapaz pagava uma moeda sempre que era agredido. No final do ano, voltou ao abade, para saber o próximo passo. "Vá até a cidade comprar comida para mim".

Assim que o rapaz saiu, o abade disfarçou-se de mendigo e, tomando um atalho que conhecia, foi até a porta da cidade. Quando o rapaz se aproximou, começou a insultá-lo.

"Que bom!", comentou o rapaz com o falso mendigo: "Durante um ano inteiro tive que pagar a todos que me agrediam, e agora posso ser agredido de graça, sem gastar nada". Ouvindo isso, o abade retirou seu disfarce e disse ao jovem: "Quem é capaz de não se importar com o que os outros dizem, é um homem que está no caminho da sabedoria. Você já não leva os insultos a sério, e, portanto, está pronto para o próximo passo".

É preciso educar o coração e os sentimentos. Não devemos nos preocupar demais com o que os outros possam pensar ou dizer a nosso respeito, porque eles vão pensar e dizer de qualquer jeito. A nossa paz interior não pode ser destruída por nenhuma guerra ou ameaça exterior.

O caminho espiritual proposto a quem segue Jesus e aos membros do Apostolado da Oração vai favorecendo, a quem se dispõe a caminhar, uma profunda transformação de valores e atitudes que faz com que a vida seja mais semelhante à de Jesus. É um processo de identificação com a pessoa de Jesus e com suas preferências e escolhas.

Quando pensamos na pitada de fermento que é adicionada à massa, é que notamos o significado de viver bem e dar testemunho. O fermento transforma, faz crescer a massa por dentro. Não pode ser demasiado e nem insuficiente. Deve ser na medida certa. Assim também a vida de cada cristão é como o fermento que transforma as realidades deste mundo ao modo de Cristo. É preciso fazer a diferença no mundo para que o mundo tenha mais sentido.

Há muitas batalhas a serem vencidas diariamente para vivermos a alegria que brota do Evangelho e de saber-se eternamente amado pelo Senhor. Para muitos, é a batalha do pão de cada dia, da moradia, da saúde, da educação etc. Para outros, a batalha do sentido da vida, da depressão, da violência, da maldade etc. Para outros ainda, a batalha de acolher o rosto de Deus revelado em Jesus e assumir com Ele os compromissos em favor da vida, negando tudo o que mata e destrói a vida na terra.

A beleza da vida é ir percebendo que somos todos irmãos, membros de uma grande família. Todos devem cuidar de todos. Todos devemos cuidar de tudo. Não se pode cuidar somente de alguns aspectos da vida humana e esquecer do cuidado necessário com os bens da natureza. O ar que respiramos, o que comemos, o que bebemos etc., tudo precisa ser protegido e preservado para que as gerações futuras tenham vida.

Quando for capaz de mudar pequenas atitudes no meu modo de ser e de agir, estarei mudando o mundo. Quando Jesus fala do assunto da fé, no Evangelho, Ele diz que se a nossa fé fosse do tamanho de um grão de mostarda, faríamos coisas maiores do que nós.

Que este novo ano seja favorável para vivermos com maior dignidade a jornada diária. Cada dia será uma oportunidade para acolher a santidade que o Senhor nos oferece. Olhando a vida de tantas testemunhas, santos de ontem e de hoje, também nós podemos assumir pequenas mudanças que nos aproximam sempre mais da vontade do Senhor: "sejam santos como o Pai do céu é santo".

O Apostolado da Oração, como Rede Mundial de Oração do Papa, inicia a sua preparação para celebrar os 175 anos de sua fundação. Naquele pequeno Seminário dos Jesuítas, na França, os jovens começaram um novo modo de ser missionário: ajudar a missão com o oferecimento diário e com a avaliação de vida. O nosso presente ao Coração de Jesus é vivermos melhor a missão do AO nos dias atuais.

Pe. Eliomar Ribeiro, SJ, Diretor Nacional da Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração e MEJ), e Diretor de Redação da Revista Mensageiro do Coração de Jesus
MENSAGEIRO DO CORAÇÃO DE JESUS é uma publicação de Edições Loyola - Rua 1822 nº 341 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3385-8555 | 2063-4275 | 3385-8501
2019 Todos os direitos reservados.